Objetivo do curso

Capacitar e atualizar profissionais para que possam ter discernimento de como ter uma prática de promoção da igualdade racial em suas atuações profissionais, uma vez que não é possível mais negar que a desigualdade social opera pela racial. A promoção de igualdade racial é versada pelo Estatuto da Igualdade Racial que convoca a iniciativa pública e privada para a extinção do racismo no Brasil. Aprofundar em como as marcas dos processos de racialização (inerente a todos) produzem nossa maneira de ser e estar no mundo forjando nossa conduta profissional. Os processos de racialização são constitutivos do sujeito e não compreender como esse processo se dá é não analisar e entender o os processos de subjetivação de forma integral. Esta deficiência da formação pisico-social do Brasil tem gerado profissionais alheios à discussão sobre relações raciais e tem como efeito uma construção metodológica falha e errônea ao se trabalhar com a subjetividade do brasileiro. Tal proposição então, são pautadas nos estudos decoloniais que promovem uma construção de saber não pautada pelas técnicas de colonização.

Para quem se destina?

Psicólogos, professores, assistente sociais, educadores, artistas, promotores culturais, administradores.

Programa

Introdução aos estudos sobre relações raciais no Brasil: Subjetivação e história; Introdução aos estudos sobre branquitude; Racismo como tecnologia de poder; Negritude: do que se trata?; O corpo e a raça – teoria; Experimentação corporal – aprendendo com o corpo; Trabalho de conclusão de curso.

QUANDO ACONTECE?

Frequência: Quinzenal Sábados – 8h às 12h e 13h às 17h

INVESTIMENTO

Mensalidades em até 18X De R$499,00 por R$399,00 Descontos especiais para egressos

Saiba Mais!

Preencha o formulário que logo entraremos em contato!